Os Estados Unidos vem apertando o cerco à criptografia segura.

 

Uma das principais desenvolvedoras de software do Tor (rede supostamente segura para tráfego de informações criptografasas), Isis Agora Lovecruft, fugiu para a Alemanha, após a ameaça de uma intimação federal. 

 

Lovecruft é uma bem conhecida criptógrafa e desenvolvedora-líder para o projeto Tor. Ela já trabalhou para uma variedade de outros produtos de segurança e criptografia, tais como OpenWhisper e o projeto LEAP Encryption Access. Desde novembro de 2015, os agentes especiais do FBI nos Estados Unidos vêm tentando encontrar-se com ela, mas não dizem à ela ou ao seu advogado exatamente o porquê.

 

Quando seu advogado encontrou-se com o agente especial do FBI Mark Burnett e perguntou por que ele queria se encontrar com ela, o agente assegurou o advogado que ela não é alvo de qualquer investigação, mas também disse que o FBI tem seus agentes nas ruas em 5 cidades nos Estados Unidos na caça à ela, com a intenção de simplesmente fazer-lhe algumas perguntas sem a presença de seu advogadoO advogado de Lovecruft respondeu dizendo que todas as questões devem ser dirigidas a ele, em vez de Lovecruft ou sua família, mas Burnett disse que ele não vai dizer a ela ou seu advogado o que isso envolve. 

 

Em geral, não é um bom negócio para ter uma reunião com os agentes do FBI para saber o que exatamente estão procurando - ainda mais sem um advogado. Lovecruft teme que os agentes federais vão obrigá-la, com algum tipo de mandado secreto, a inserir uma backdoor no sistema TOR e expor os usuários ao redor do mundo para o potencial espionagem. 

 

Então, ela arrumou sua mala e deixou os Estados Unidos para a Alemanha em 7 de dezembro do ano passado, acusando o FBI de assédio nos últimos 6 meses.

 

Please reload

Destaques
Please reload

Posts Recentes

December 12, 2016

Please reload

Arquivo
Please reload

Busca por Tags